falarbonito

Hoje decidi escrever uma pequena reflexão sobre aquilo que me aconteceu, sobre aquilo que me esteve na mente durante este dia. Espero manter este ritmo e quem sabe amanhã estaremos cá outra vez com mais uma reflexão.

Hoje a reflexão que me tem acompanhado é a honestidade. No fundo, a coerência entre aquilo que sinto, aquilo que penso e aquilo que falo.

Gostaria de dizer que já fluo com a vida e que estou sempre na expectativa da mudança, mas isso não acontece. Ainda resisto à mudança e não quero passar por diversas situações, principalmente situações novas e que vão mexer na minha zona de conforto.

Antes tinha vergonha disto e achava que o melhor seria esconder os meus medos e fingir ser algo que não sou. Mas isso não me fazia sentir bem. Aliás fazia-me sentir cada vez pior.

Hoje, decido partilhar aquilo que sinto. Não para descarregar o meu “lixo” emocional, mas sim para me libertar do que estou a sentir. Decido esclarecer mal-entendidos, comunicando e responsabilizando-me tanto pelo que digo, como pelo que oiço, como pela situação que acontece.

No fundo, “falar bonito” apenas impede que a verdadeira mudança aconteça.

Abandonar as máscaras; libertar-me do julgamento e saber que faço o melhor que sei e que posso.

Ângela Barnabé

Podes também gostar de:

Holler Box

Pin It on Pinterest