“Onde nada muda, nada muda.” – António Shiva

Já alguma vez te interrogaste sobre o facto de que por vezes parece estamos sempre a viver as mesmas situações, mesmo mudando de grupo de amigos, de área de residência, de trabalho, etc…?

Parece um pouco estranho, não é? Parece que estamos a ver as mesmas atitudes em pessoas diferentes…

Eu apercebi-me da razão porque isso acontece na minha vida: porque eu não mudo.
Sou eu quem cria o ambiente ao meu redor, as experiências que vivo e que atraio as pessoas com as quais me relaciono.

Se eu mudar realmente, o meu mundo vai mudar, e por isso as pessoas, as situações e os lugares que sempre surgiam na minha vida, vão simplesmente desaparecer.

Mas, se ao contrário, a  mudança for algo fictício, situações, pessoas e lugares idênticos vão surgir no meu caminho, uma vez que eu os continuo a atrair.

Um grande amigo meu sempre me disse: “ Onde nada muda, nada muda!”. Inicialmente, achei a frase um pouco repetitiva e óbvia, mas após me identificar com ela, percebi que se eu não mudar, nada em meu redor o vai fazer.

Por isso, quando me aperceber de situações repetitivas, não posso esquecer que se quero que elas desapareçam tenho que mudar e aprender com elas.

Ângela Barnabé

Podes também gostar de:

Holler Box

Pin It on Pinterest