Antes apenas uma pequena parte dos meus dias era repleta de tarefas, por isso podia afirmar que tinha uma rotina. Muitas vezes sentia-me muito cansada, mesmo sem ter realizado muitas atividades.

Hoje a minha situação é bastante diferente. Todos os dias são uma grande agitação; tarefas habituais, novas tarefas, situações para resolver e ainda consigo ter algum tempo para me dedicar à pintura, a novas descobertas na cozinha e outras atividades de lazer.

Consigo fazer imensas coisas e termino o meu dia com bastante energia.

Mas o que é que mudou?

A minha consciência em relação à vida, as minhas crenças em relação ao trabalho e a minha postura em relação ao desenrolar do dia-a-dia mudaram e isso permitiu que existisse um novo resultado.

Em vez de ter uma postura diferente em cada tarefa, sendo que trabalho e limpezas eram uma coisa e lazer era outra, decidi aos poucos mudar a forma como vejo aquilo que tenho e quero fazer.

Já escrevi sobre gostar de tudo o que faço, em vez de fazer apenas fazer o que gosto. Isso tem-me ajudado imenso na organização do meu dia-a-dia, porque em vez de ter momentos em que estou a fazer algo que não me agrada, escolho fazer com prazer todas as tarefas.

As coisas fluem melhor, passo mais tempo em bem-estar e os resultados são sempre os melhores.

Mesmo quando surge um imprevisto, tudo se resolve da melhor forma, pois a postura é de fluxo e não de resistência.

Por vezes, quando escolho estar mal (porque tudo é uma escolha) consigo ver o quão simples podem ser as coisas e que tudo se torna difícil quando eu me lembro de complicar.

A vida dá-me tudo o que eu preciso para o meu sucesso e bem-estar. Tenho apenas que estar atenta e aproveitar.

Obrigado por este dia repleto de vida!

Até amanhã!

Ângela Barnabé 

Podes também gostar de:

Holler Box

Pin It on Pinterest