pequeninas

Sempre vivi na expectativa dos grandes momentos. Daqueles que muitas vezes os filmes retratam e que mudam o curso de vida de qualquer um.

Esperava por esses momentos, mas a verdade é que eles eram poucos. E aqueles momentos grandes nos quais eu punha expectativa pareciam ainda mais pequenos do que os do quotidiano.

Mas será que os momentos que verdadeiramente importam são os grandes?

Se pensar bem o número de grandes momentos na vida de uma pessoa é bastante pequeno. Mas, os momentos pequenos, esses povoam o dia-a-dia de qualquer pessoa.

Por exemplo, o pôr-do-sol… Algo que acontece todos os dias, mas que por ser tão banal quase não lhe dou importância. Mas a verdade é que cada pôr-do-sol tem uma grande importância e uma grande beleza, se eu estiver disponível para a apreciar.

Todos os segundos da minha vida são importantes e quanto mais eu os apreciar, mais valor darei à minha vida e ao meu percurso.

Se der valor a todos os momentos, os pequenos passarão a ser grandes e tão (ou mais) importantes que todos os outros.

A vida é feita de coisas pequeninas que , todas juntas, fazem algo maior e melhor do que eu posso imaginar.

Obrigado!

Ângela Barnabé

Pin It on Pinterest

Copied!