dúvida

Nos últimos dias tenho refletido muito acerca da autoestima e da importância de estar bem. Por isso tenho observado os meus pensamentos.

Muitas vezes tenho determinada ação e depois fico a pensar se tomei a decisão correta. Outras, tenho medo de decidir e vir mais tarde a considerar tal ação como um erro.

Antes, quando me deparava com esses pensamentos, alimentava aquela voz que me dizia que devia ter decidido de forma diferente, que me criticava e julgava pelo que fiz ou não fiz…

Entrava então num ciclo vicioso de culpa, medo, dúvida… E o resultado não era de certeza o bem-estar.

Mas há uma forma de resolver este “problema”.

Confiar é a chave para tudo na vida e a dúvida é um dos problemas que podem ser solucionados pela confiança.

Se eu questionar uma decisão tomada por mim, quando sei que tudo aquilo que faço é para o meu bem, ou melhor, quando tenho consciência que nunca faço nada com a intenção de me prejudicar significa que não confio em mim.

Se eu rotular algo como certo ou errado e se temer aquilo que me será apresentado no futuro, com medo de não ser capaz de lidar com algo, significa que não confio na vida.

E o que é a vida quando estamos constantemente a julgar decisões ou com medo do que virá?

Tudo correrá bem, independentemente do que possa parecer, basta confiar!

Obrigado!

Ângela Barnabé

Foto original por Allef Vinicius on Unsplash

Podes também gostar de:

Holler Box

Pin It on Pinterest