importa

Diariamente sou bombardeada com todo o tipo de informação. Ao  longo dos meus 22 anos de vida, fui sendo “alimentada” com todo o tipo de crenças, preconceitos e conhecimento.

Foi-me dito que se tivesse isto ou aquilo teria uma vida boa. Que para ser alguém tinha que estudar e que se não o fizesse estaria a desperdiçar as minhas capacidades.

Foi-me passada muita informação, mas se calhar faltou a que realmente importa.

E o que é que realmente importa? Estar bem comigo mesma, sempre.

Não interessa aquilo que está a acontecer, aquilo que os outros pensam ou aquilo que é suposto.

O que importa é que eu esteja bem comigo. Só assim poderei garantir que as escolhas que eu faça, as decisões que eu tome e as ações que eu tenha, tenham em mente o bem-estar do todo.

Alguém feliz não se prejudica nem prejudica ninguém. Quem se ama a si mesmo irradia amor para o que rodeia. Quem se põe em primeiro lugar ajuda todo o mundo com o seu bem-estar.

Sempre que eu estou bem tudo flui. Sinto-me segura, confiante e sou capaz de lidar com as situações.

Então para que a minha vida seja realmente boa, o estar bem não deveria ser a única prioridade?

Obrigado!

Ângela Barnabé 

Foto original por David Guenther on Unsplash

Pin It on Pinterest