Dou por mim muitas vezes a pensar na forma como as coisas acontecerão no futuro. Será que tudo se irá desenrolar da maneira que eu espero e que consigo conceber, ou será que serei surpreendida pela vida, como acontece na maioria das vezes?

A verdade é que eu tenho uma visão bastante limitada da realidade. Todos os conceitos aos quais eu ainda me agarro não me permitem ver todas as possibilidades e aquelas que me permite ver acabam por estar toldadas por julgamentos.

Pensar na forma como as coisas acontecem não é muito inteligente, porque tudo acontece sempre da melhor maneira.

É muito mais importante pôr ação e procurar sentir-me bem em todos os momentos. Ao pensar em algo, ao conceber uma possibilidade, eu estou a trazer isso mesmo para a minha realidade.

Sendo que a minha visão é limitada, por muito boa que seja a minha intenção e por muito bom que seja o resultado que eu imagino, nunca terei a certeza que as coisas correrão da melhor maneira possível.

O tempo que perco a pensar o futuro posso usá-lo para criar coisas no presente. Posso usá-lo a apreciar as bênçãos que tenho disponíveis, a valorizar cada acontecimento.

Em vez de escolher reagir ao que está a acontecer porque os resultados não se enquadram naquilo que imaginei, posso escolher agir consoante aquilo que está a acontecer no momento e confiar que tudo aquilo que eu preciso vem ter comigo, no momento certo.

Grata por este dia maravilhoso,

Ângela Barnabé

Pin It on Pinterest