decisões erradas

O tema das decisões é algo sobre o qual eu escrevo muito, mas quanto mais escrevo e reflito, mais expando a minha consciência e mais coisas tenho a partilhar.

Sempre me considerei uma pessoa bastante indecisa, e a minha dificuldade em decidir partia do medo de tomar decisões erradas.

Esta postura é “errada” em vários sentidos. Primeiro, não existem decisões certas nem erradas; existem decisões. Em cada momento e perante uma situação eu faço sempre o melhor que sei e posso.

Claro que o medo de errar cria a dúvida e essa dúvida cria exatamente aquilo que eu não quero. Se eu decido algo com base no medo e na dúvida se estou a fazer o correto, o mais certo é que o resultado vai estar influenciado por aquilo que eu estou a sentir.

Mas se eu tomar uma decisão segura e confiante que aquilo que eu decidir me vai sempre trazer o que é melhor porque eu confio na vida, tenho a certeza  que é isso mesmo que vai acontecer.

As coisas não caem do céu; se algo acontece na minha vida eu sou 100% responsável. Eu criei aquilo na minha realidade.

Há uma decisão a tomar em todos os momentos que de certeza me irá levar sempre ao melhor resultado possível: decidir estar bem, independentemente do que possa estar a acontecer.

Obrigado!

Ângela Barnabé

Pin It on Pinterest

Copied!