deixar de resistir

Ao observar aquilo que vou sentindo ao longo do dia, posso saber se estou em resistência ou se estou em fluxo.

Um mesmo acontecimento pode provocar diferentes tipos de reação da minha parte e ao contrário do que eu pensava antes, não são os acontecimentos que ditam o que eu sinto, mas sim as decisões que eu tomo perante os acontecimentos.

Uma das minhas grandes limitações é a resistência e é o que eu tenho utilizado como bênção na minha vida.

Antes ficava tão obcecada com o facto de me sentir resistente que parecia que cada vez mais resistia à vida e que eu era aquilo: a resistência.

Para deixar de resistir basta deixar fluir; é tão simples quanto isso. Deixar fluir significa não me culpar quando resisto; significa reconhecer que tudo faz parte de um treino; significa sentir-me bem com a minha vida.

Existem momentos em que sinto uma grande resistência em relação ao que está a acontecer, mas posso escolher sair dessa resistência.

Existem momentos em que me sinto fluir e que agradeço essa sensação, sabendo que quanto mais treino confiar na vida, mais sairei da resistência.

É mais fácil fluir que resistir. Durante muito treinei-me para controlar e manipular a vida, mas hoje sei que posso treinar-me para fazer exatamente o contrário: confiar e deixar-me fluir com o fluxo e processo da vida.

Obrigado.

Ângela Barnabé

Pin It on Pinterest

Copied!