lidar com a vida

Quando comecei a ver a vida de uma outra maneira pensava que estava aberta para deixar a vida acontecer. Mas a verdade é que não estava.

Tentei fugir a lidar com situações, refugiando-me na zona de conforto. Justificava as minhas ações com as crenças que criei no passado, não permitindo a mudança. Queria as coisas à minha maneira em vez de deixar a vida fluir.

A cada dia que passa tenho que lidar com a vida. Com as situações, os pensamentos e as emoções que vou presenciando no dia-a-dia, sou levada a trabalhar diversos aspetos em mim.

Nesses momentos posso escolher continuar a agir como agia ou escolher algo diferente, algo que esteja em harmonia com o que eu quero viver e com aquilo que faz mais sentido para mim naquele momento.

Quanto mais fujo à vida, mais bloqueio o fluxo.

Há que baixar os braços e entregar. Naqueles momentos em que apetece refugiar-me naquilo que conheço e continuar na minha rotina, há que dar um passo em frente ao desconhecido.

Porque é lá que as coisas acontecem. É lá que o crescimento é possível. É lá que os milagres acontecem e que as bênçãos são trazidas até mim.

A vida é tão bela e vou aprendendo a lidar com ela. Ou melhor, vou aprendendo a lidar comigo para que possa usufruir ao máximo dela.

Obrigado!

Ângela Barnabé

Foto original por Nicolas Outh on Unsplash

Pin It on Pinterest