Os meus artigos

As ilusões que eu alimento – 32 de 365

Quando se vive numa postura indiferente em relação à vida, faz-se as coisas sem pensar; sem tomar consciência daquilo que nos motiva a agir. Durante muito tempo foi assim que eu escolhi viver. Fazia por fazer, sem pensar muito bem nos “porquês” e sem observar aquilo...

Semear e colher – 31 de 365

A cada segundo que passa eu estou a semear. E semear é criar: tanto estou a criar aquilo que quero ou como aquilo que não quero; depende daquilo em que estou focada. As coisas que acontecem na minha vida não são aleatórias. Tanto as coisas que me agradam como aquelas...

A responsabilidade de mudar – 30 de 365

As experiências que fui tendo ao longo da minha vida e a forma como fui lidando com elas fez com que eu criasse conceitos. A forma como eu fui educada, as ideias que me foram passadas pelos meus progenitores também foram a base de muitos conceitos que eu fui criando....

O mundo que eu quero criar – 29 de 365

Já escrevi imensas vezes sobre a minha responsabilidade no mundo que me rodeia e não é novidade que para que o mundo seja um lugar melhor eu tenho que ser alguém melhor. Eu sou, assim como todas as pessoas deste planeta, uma personagem da história, da jornada de...

3 lições que eu aprendi em março de 2019

Março, o mês em que se inicia a primavera. As flores começam a desabrochar, os pássaros ouvem-se cantar com mais alegria; começa um novo ciclo. Desde 2013 que todos os anos são sinónimo de mudança e o mês de março representa um grande marco no que toca a metamorfoses...

A beleza da mudança – 28 de 365

Não posso afirmar que estou 100% aberta à mudança e que estou sempre preparada para que as coisas fluam de maneira diferente (e melhor). Um dos meus grandes desafios no dia-a-dia é estar sempre atenta à minha resistência ao novo e permitir que tudo corra da maneira...

Decidi  criar uma série de artigos chamada “As Aventuras de uma Míope” para partilhar a minha experiência de melhoria de visão, incluindo a minha resistência à mudança, os meus boicotes e os momentos de clareza.

Apesar do processo de melhoria de visão não estar completo, posso dizer-vos que é um sucesso, pois a cada dia que passa vejo cada vez melhor.

 

Pin It on Pinterest