Quando as coisas têm que acontecer

Uma das coisas que eu venho treinado é não manipular nem tentar controlar nada. Ainda que as coisas pareçam estar a encaminhar-se para algo que eu pense não ser tão bom, tenho tentado não interferir.

É fácil, ao olhar para o meu percurso de vida, ver o quanto o controlar e manipular me levaram a experiências menos agradáveis, quando poderia ter simplesmente ter deixado fluir e maravilhar-me com os resultados.

Então porque não aplicar essa experiência no dia-a-dia?

Às vezes as coisas que eu queria que acontecessem não acontecem e as coisas que eu queria evitar são me apresentadas.

Mas mesmo nas alturas em que as coisas possam parecer sem sentido, eu sei que existe um motivo para elas acontecerem, porque eu não interferi nem tentei que fosse feita a minha vontade.

Mais tarde, às vezes, consigo observar o desenrolar dos acontecimentos e a perfeição como tudo aconteceu. A verdade é que eu não preciso de ver nada, apenas preciso confiar.

Porque qual é a alternativa? Manipular e sentir-me cada vez pior? Fugir do que tenho medo? Viver em ansiedade?

Prefiro saber que quando as coisas têm que acontecer acontecem e viver confiante, realizada e feliz, pondo ação e fazendo a minha parte.

Obrigado!

Ângela Barnabé

Pin It on Pinterest

Copied!