experiência

Desde que entrei na adolescência que me considerava alguém inseguro. Pequenas alterações eram o suficiente para me destabilizar e pequenas novas tarefas eram o suficiente para eu entrar em ansiedade.

Quando comecei a tomar consciência de que a segurança era algo indispensável para um vida de qualidade, comecei também a querer sentir-me segura, o que é perfeitamente natural.

Mas de onde é que vem a segurança?

Naquilo que tenho vindo a experienciar, a segurança vem principalmente da minha postura em relação à vida. A experiência que vou ganhando também vai ajudando a que eu me sinta mais segura.

A postura em relação à vida parte de mim e vem com a prática e com a expansão da consciência. A experiência vem com o fazer e praticar e com o meu crescimento pessoal.

Para que eu tenha experiência também é preciso que eu me sinta segura, porque a experiência tem a ver com aprendizagens e eu só posso dizer que aprendi quando vejo que as coisas acontecem para meu benefício (conceito normalmente associado à segurança e confiança na vida).

Isto tudo para chegar à conclusão que a segurança vem de dentro de mim e que não depende de nada exterior. Por muito que me digam que estou a fazer bem, que estou a crescer, se eu não sentir isso dentro de mim, o que os outros dizem não faz diferença nenhuma (aliás se eu estiver insegura até pode agravar a insegurança).

Posso saber o melhor processo de fazer as coisas; posso ter toda a técnica e conhecimento, mas se eu não estiver segura muito provavelmente nunca poderei ter o melhor resultado possível.

Obrigado!

Ângela Barnabé

Pin It on Pinterest

Copied!