minha melhor amiga

A minha relação comigo mesma começou a “desandar” quando entrei na adolescência. A tendência para me comparar, para querer ser melhor que os outros, para estar sempre no topo foi-me destruindo aos poucos.

Quando há cinco anos vi a possibilidade de um mundo novo, tomei consciência da importância de uma boa relação comigo mesma.

Eu tenho que ser para mim o que quero que os outros sejam para mim, porque tudo na minha vida é reflexo de mim mesma.

Mas, ser a minha melhor amiga não significa procurar fazer as coisas à minha maneira nem apenas fazer aquilo que me agrada.

Ser a minha melhor amiga significa procurar o que é melhor para mim. E o que é melhor para mim? Confiar na vida.

Ser a minha melhor amiga significa aceitar-me como sou, estando aberta à mudança e sabendo que aquilo que eu estou a fazer todos os dias faz parte de um treino.

Ser a minha melhor amiga significa reconhecer todo o meu processo, estar grata pela minha jornada e amar-me incondicionalmente..

A vida é bem mais fácil quando eu sou para mim mesma aquilo que eu preciso que sejam para mim. Não preciso de julgamento, não preciso de culpa nem de medo.

Preciso de amor incondicional.

Ser a minha melhor amiga significa ser assertiva, não me deixar adiar nem procrastinar. Significa permitir-me sonhar e viver a vida da maneira mais plena e feliz possível.

Obrigado!

Ângela Barnabé

Pin It on Pinterest

Copied!