melhor

Muitas vezes me interroguei se aquilo que eu estava a fazer era certo; se estava a seguir o melhor rumo e se iria receber o melhor resultado possível.

Perdia muito tempo nessas interrogações, nos dilemas e indecisões e no fundo acabava por não receber nada, porque não fazia nada.

Não há forma de saber qual será o resultado de uma ação (ainda bem), mas há forma de garantir que será o melhor possível.

E não é pensando e repensando no certo ou errado.

É fazendo, pondo ação, entregando-me àquilo que estou a fazer, com amor, aceitação e gratidão.

Um resultado bom ou mau acaba por ser uma perceção da realidade.

Quando confio acontece sempre o melhor, porque abro a mão do controlo e permito que as coisas aconteçam, não sendo limitadas pela minha consciência.

O melhor é sentir-me bem sempre. O melhor é confiar, viver serena, realizada e grata pela vida que tenho.

Sempre que me foquei “no melhor” estava na verdade focada na minha vontade. Esperava que tudo acontecesse como eu quisesse, pois eu é que sabia.

Mas não sabia nada e a prova disso era a forma como me sentia.

Hoje sei que o melhor sempre acontece, basta que eu saia do meu próprio caminho e permita que tudo flua.

Obrigado!

Ângela Barnabé

Foto original por Ryan Booth on Unsplash

Pin It on Pinterest

Copied!