futuro risonho

A minha perspectiva de futuro enquanto adolescente não era a melhor. Por muito que eu me tentasse apaixonar pela ideia de estudar, trabalhar, casar e ter filhos como uma vida de sonho, a verdade é que isso não me convencia.

Havia na minha mente uma chama que gritava por algo mais. Algo com mais sentido, mais significado, que me levasse a algo satisfatório.

É claro que não há nada de mal em querer estudar, casar, ter filhos, mas a ideia de que isso me trazia felicidade não era muito fiável. Bastava olhar para os adultos que me rodeavam para ver que algo não estava a correr bem.

Comecei então a projetar um outro futuro, com mais sonhos, mais sentido. Mas ao longo deste tempo tenho tomado consciência de algo.

Mais importante que projetar aquilo que quero viver no futuro, tenho que aprender a viver e a usufruir do presente. Os objetivos são importantes como linhas de orientação, mas se eu não vibrar de alegria com os pequenos momentos do dia-a-dia, não poderei realmente vibrar com grandes momentos.

Inúmeros mestres da nossa história disseram que para termos um bom amanhã temos que cultivar um bom hoje.

Por isso, e segundo aquilo que tenho experienciado, a melhor forma de garantir um futuro risonho é fazer com que cada momento do dia de hoje seja o melhor da minha vida.

Obrigado!

Ângela Barnabé

Foto original por Laib Khaled on Unsplash

 

Podes também gostar de:

Holler Box

Pin It on Pinterest